Kamishibais… e outros que tais (Projeto Leituras d’Oriente e d’Ocidente)

No dia 27 de abril, na Escola Básica de Alpendorada, realizou-se uma feira de turismo, na qual mostraram-se diferentes rotas turísticas que ligam o Ocidente ao Oriente. A mostra turística esteve inserida na Semana Cultural e constituiu o culminar do projeto Leituras d’Oriente e d’Ocidente, promovido pelo Plano Nacional de Leitura e pelo Museu Fundação do Oriente, em articulação com a Rede de Bibliotecas Escolares. Este foi o segundo ano em que o Agrupamento de Escolas de Alpendorada participou no projeto designado por “Kamishibais… e outros que tais!”: no ano anterior participaram a Escola Secundária e o Centro Escolar de Vila Boa do Bispo; no presente ano letivo, deu-se continuidade com a Escola Secundária e a Escola Básica. Participaram as turmas do Curso Profissional de Turismo, 10º e 11º TUR e as turmas do 5º B e 8º A, sob a orientação dos professores Maria Águeda Névoa e Filomena Costa; Adriana Sousa e Carlos Matias, respetivamente.

Kamishibais e outros que tais…

Kamishibais e outros que tais…  é o nome do projeto que terá continuidade por mais um ano letivo, no nosso agrupamento, e que integra o  Projeto Leituras d’Oriente e d’Ocidente, promovido pelo Plano Nacional de Leitura e pela Fundação Oriente Museu. Este ano letivo, participam alunos do 5º, 8º, 10º e 11º TUR.

Ao longo do ano letivo, vamos dando mais informações sobre as atividades desenvolvidas. Visitem o site criado para o efeito com o trabalho desenvolvido no ano letivo anterior:  https://sites.google.com/site/kamishibaiseoutrosquetais/home.

oriente

Leituras d’Oriente e d’Ocidente – Sessão Skype

No âmbito do projeto Leituras d’Oriente e d’Ocidente” (parceria entre a Fundação Oriente Museu  e o Plano Nacional de Leitura), no qual a nossa escola está a participar com o projeto “Kamishibais e outros que tais…”, a turma do 11ºB teve a oportunidade de contactar através de uma sessão skype com alunos da escola portuguesa, Ruy Cinatti, em Dili (Timor). Apesar da diferença horária de 9 horas, os nossos alunos tiveram a oportunidade de enriquecer os seus conhecimentos sobre aspetos culturais daquele país, nomeadamente ao nível das tradições gastronómicas, hábitos, rotinas diárias, trajes e vestuário.

Agradecemos aos professores da escola Ruy Cinatti que aceitaram este desafio e contribuíram para o enriquecimento do nosso projeto.

O nosso Bem Haja!

Kamishibais e outros que tais…

looKamishibais e outros que tais… foi o nome do projeto apresentado pelas Bibliotecas Escolares do Agrupamento de Escolas de Alpendorada à candidatura ao Projeto Leituras d’Oriente e d’Ocidente, promovido pelo Plano Nacional de Leitura e pela Fundação Oriente Museu, tendo sido um dos dez selecionados a nível nacional.

O projeto visa a promoção do trabalho colaborativo entre a turma do 3º ano do Centro Escolar de Vila Boa do Bispo e os alunos de Filosofia de décimo e décimo primeiro anos da Escola Secundária. Deste modo, pretende-se que, os alunos do 3º ano do Centro Escolar de Vila Boa do Bispo, explorem, numa primeira fase, a obra “O mercador de coisa nenhuma”, de António Torrado, em diferentes formatos (papel e digital) e como forma de motivação e criação de hábitos de leitura. Numa segunda fase, os alunos analisam a obra a fim de procederem à interpretação e ilustração da mesma, reescrevendo o conto na perspetiva de texto dramático, cuja peça teatral será apresentada à comunidade educativa. No sentido de sensibilizar os alunos para a presença de influências da cultura oriental, a peça de teatro apresentada conjuga o Kamishibai (instrumento de origem japonesa utilizado para contar histórias) com personagens/atores. A peça de teatro será antecedida por um momento de pesquisa na biblioteca escolar sobre o “Kamishibai”. Esta peça de teatro será apresentada pelos alunos do 3º ano aos alunos do Ensino Secundário no dia dedicado à feira das culturas, contemplando esta a vertente oriental, com a personificação, por parte dos alunos, de personagens e aspetos caraterizadores da cultura oriental em diferentes vertentes (culturais, religiosas, filosóficas…). A preparação desta atividade será feita através de uma pesquisa prévia realizada na Biblioteca Escolar e na disciplina de Filosofia através da promoção de um trabalho colaborativo. Pretende-se ainda promover sessões  via Skype com escolas orientais, promovendo-se, dessa forma, um contacto mais direto com diferentes culturas. Pretende-se ainda a representação da obra “Auto da Índia” de Gil Vicente, com a colaboração do Grupo de Teatro de Alpendorada. Os trabalhos realizados pelos alunos e a documentação das diferentes fases do projeto serão divulgadas e arquivadas num blogue criado para o efeito.